quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Escondido detrás da fraqueza(...)


(...)Por vezes somos freados pelos obstaculos da vida sempre que aumejamos excessivamente algo que, a curto prazo, nos tragam bem-estar e harmonia que em posterior ergua a auto-estima, esta precedida por reflexos oscilatórios. Ao criarmos um ponto de equilibrio meramente humano,nos tornamos dependente dele a ponto de compararmos com uma herança no qual não se pode ser perdida,é semelhante a algo ou alguem que jamais podemos distanciar. A fraqueza que impera na alma de uma pessoa ao ser frustrada em todos os meios pelo qual procura ser o mais regular possível,quebra a esperança de se viver intensamente e os momentos de alegria se tornam raros. A dificuldade de expor os sentimentos que esta contido no ''peito'' é dolorosa,pois nos faz dizer que está sempre bem e omitir as razões pelas quais não está(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário